Top 5 Shows – Primavera Sound se espalha por SP para encerrar grande este 2023. E a premiada Xênia França também se apresenta na cidade

São Paulo domina esta fase final de shows e festivais de 2023. Ufa!!!! Vai ter Primavera Sound, os side-shows do festival pela cidade, tem até uma grammy fresquinha se apresentando por aqui. Vai ser intenso. Depois a gente vai descansar um pouco. Porque este ano aqui foi loko…

Chegou o último festival internacional do ano para coroar um inteeeeenso ano de festivais. O Primavera Sound, em sua segunda edição brasileira, acontece no Autódromo de Interlagos, com The Killers e The Cure como os headliners. O line-up está recheado de pérolas como The Hives no Brasil pela primeira vez desde 2014, as maravilhosas do Cansei de Ser Sexy (foto), que se juntaram pela última vez no palco do Popload Festival, e Carly Rae Japsen que traz seu “The Loveliest Time” para o Brasil. Fora Beck, Róisín Murphy, Black Midi, Pet Shop Boys, Slowdive, Metric, Soccer Mommy…  

Mas antes de conquistar o Autódromo vai rolar o Primavera na Cidade, que começa na quarta 29 com a apresentação dos ingleses barulhentos Black Midi, com abertura da banda paulistana Pluma, no Cine Joia. Na quinta 30, também no Cine Joia, rola Slowdive com a banda curitibana de shoegaze Terraplana na abertura. Enquanto na Áudio a dupla Bia Ferreira e Carlos do Complexo começa a noite para o ato principal dos nigerianos Seun Kuti & Egypt 80. Na última dupla de shows na sexta 1 rola Metric com abertura da colombiana Lucrecia Dalt no Cine Joia. E na Áudio a paulistana Luiza Lian abre os caminhos para Róisín Murphy. Tá difícil escolher onde ir nesta semana.

Fora toda a “bagunça” primaveril temos também em SP a recém-ganhadora do Grammy Latino de melhor álbum pop em língua portuguesa. Xênia França apresenta o show do seu premiado disco, “Em Nome da Estrela”, no Sesc Belenzinho, nesta sexta 1. Lançado em junho do ano passado, este é o segundo disco da cantora baiana e reforça a intersecção da MPB com o R&B e neo-soul que marca a carreira de Xênia. Um show de celebração, imperdível!

O multiinstrumentista francês French Kiwi Juice, ou FKJ como é conhecido, será mais uma presença internacional por São Paulo e pelo Rio de Janeiro nesta semana agitadíssima. FKJ estourou na internet em meados de 2017 com suas manipulações instrumentais usando Ableton Live, um programa de mixagem ao vivo. E atualmente o artista é dos maiores nomes da cena eletrônica francesa e da nova house francesa. Um show must-see para quem curte música eletrônica e ainda mais tem saudade quando os franceses dominavam a área. 

Vamos fechar o top desta semana trazendo a banda paulistana Cartas pra Sofia, que vai preencher o clubinho do Alto com um som que é um mix entre rock alternativo e MPB. O quinteto lançou seu primeiro disco, “Ninguém”, neste ano, e suas músicas têm liga com quem curte bandas como Maglore, Selvagens à Procura da Lei e o som do começo da Jovem Dionísio. É um show para conhecer algo novo e, parece, vai lotar bem. Vibe garantida.

***
E MAIS

Começamos a semana com o nosso top 1 da semana passada: Caetano Veloso vai reprisar o show do disco “Transa” no Espaço Unimed, nesta segunda 27. Na terça 28, o conhecido guitarrista Gui Held, que participa da banda de Jards Macalé, faz show solo na Casa de Francisca com participação da Juçara Marçal e de Romulo Fróes, enquanto no Bona Casa de Música os amigos cariocas Tom Veloso e Zé Ibarra tocam juntos. Na mesma terça 28, no Centro da Terra, o alagoano Bruno Berle mostra seu disco “No Reino dos Afetos” na íntegra pela primeira vez. Na quarta 29 rola o ótimo show da banda gaúcha Irmão Victor no Sesc Vila Mariana e, curiosamente, em Porto Alegre, o carioca Leo Middea começa sua turnê pelo Brasil no Agulha, no Sul. O vocalista da banda Vanguart, Hélio Flanders, está voltando aos palco após uma pausa de 1 ano e nesta quinta 30 apresenta seu show “The Freewheelin Bob Dylan 60 anos depois” no Sesc Vila Mariana. No mesmo dia acontece o show solo do grupão americano The Killers no Tokio Marine Hall. Já no Picles, também quinta 30, Thiago França faz seu projeto Xêpa. Em BH, ainda estamos na quinta 30 hein?, a local Graveola abre para o “Carnaval dos Espíritos” do Fino Coletivo na Autêntica, enquanto em Goiânia o duo ítalo-brasileiro Hate Moss toca no Shiva Alt-Bar. Vamos de algumas duplas de shows? Na quinta 30 e sexta 1, Tulipa Ruiz faz show de seu disco “Habilidades Extraordinárias” no Sesc Pompéia e a Maglore toca no Agulha em Porto Alegre. Na sexta 1 e sábado 2, Yago Oproprio agita o Sesc Santo Amaro. Na sexta 1, Ava Rocha apresenta seu “Femme Frame #2” no Bona Casa de Música e a Orquestra Brasileria de Música Jamaicana balança o Mundo Pensante. Para o fim de semana, no sábado 2,  rola o Picnic Electronik no Auditório Ibirapuera. No Rio, Hermeto Pascoal toca com seu grupo no Blue Note, e em Brasília Leo Middea se apresenta no Infinu, para depois fechar a semana no Shiva-Alt Bar, em Goiânia, no domingo 3. 

***
FIQUE DE OLHO

O sempre bacana e “fora-da-caixa” festival Novas Frequências vem ai! Em sua 13ª edição, o evento carioca terá programação com mais de 40 artistas nacionais e internacionais ao longo de 20 dias em diferentes pontos do Rio de Janeiro, entre 1 e 22 de dezembro. Reconhecido como um dos maiores representantes no circuito de música experimental na América Latina, além dos shows o Novas Frequências conta também com performances e exposições. 

ROYAL BLOOD – horizontal miolo página
INTERPOL – inner fixed
INTERPOL – inner fixed mobile